Saiba quais os tipos de vidro mais indicados para as regiões quentes

Vidro é um material de praxe na Construção Civil e em outros âmbitos. Porém, nas últimas décadas, vem se consolidando e ganhando ainda mais espaço e destaque nos projetos mais diversificados.

Usado em pisos, divisórias, fachadas ou sacadas, por exemplo, o vidro tem sido utilizado das maneiras mais versáteis na Arquitetura e na Construção Civil.

Porém, o vidro não é um material homogêneo. É importante distinguir os mais variados tipos de vidros, visando compreender as especificidades e qual tipo é mais adequado para um determinado projeto.

Por exemplo, no que concerne a regiões mais quentes, determinados tipos de vidros são mais adequados.

Conheça 4 tipos de vidros indicados para localidades mais quentes.

1. Vidro Temperado

O Vidro Temperado é um tipo de Vidro de Segurança. Trata-se de um material mais resistente que o vidro comum e é menos nocivo ao consumidor, em casos de possíveis acidentes domésticos.

O Vidro Temperado é ideal para a Construção Civil, uma vez que preenche os requisitos essenciais de segurança.

Esta espécie de vidro possui grande resistência ao calor. Isso ocorre porque, enquanto um vidro comum suporta temperaturas em torno de 50 °C a 60 °C, o Vidro Temperado é capaz de aguentar temperaturas, de uma face para a outra, em torno de 200 °C a 300 °C.

2. Vidro Duplo ou Insulado

Trata-se de um tipo de Vidro Acústico e é formado por dois vidros separados por uma camada que pode ser de ar ou de gás.

É um tipo de vidro que reduz consideravelmente a passagem de som, além de atenuar a entrada de calor.

O Vidro Duplo ou Insulado possui capacidade de minimizar a troca térmica entre os ambientes externo e interno. No caso, é funcional tanto para temperaturas quentes, quanto para temperaturas frias.

3. Vidro Baixo-Emissivo

Também conhecido como Vidro Low-e, este é um tipo de Vidro Especial. Caracteriza-se por propiciar entrada de luz no ambiente e pela efetiva proteção solar.

Inicialmente, este tipo de material foi projetado para países com temperaturas mais baixas, contudo, sua formulação foi se aprimorando e, hoje, recebe em sua composição uma camada extrafina com metal de baixa emissividade.

Por meio de tal camada, a troca de calor é impedida e os raios ultravioletas são filtrados antes de adentrar no ambiente.

4. Vidro de Proteção Solar

O Vidro de Proteção Solar se enquadra na categoria de Vidros Especiais e é denominado como Vidro Refletivo.

É um material indicado especialmente para localidades de intensa radiação solar, tais como fachadas de prédios, coberturas ou janelas, por exemplo. Isso ocorre porque este tipo de vidro possibilita maior conforto térmico para o ambiente.

Configura-se como um vidro capaz de reduzir consideravelmente a entrada de calor nos ambientes, assim como controlar a entrada de luz.

No caso, parte da radiação solar que passa pelo material é absorvida pelo próprio vidro, enquanto outra parte é refletida diretamente para o ambiente externo.

Acesse nossa página

Acesse a nossa página e visite nossos conteúdos para maiores informações acerca de nossos serviços. Entre em contato com a nossa equipe, por meio de nossas redes sociais ou pelo nosso telefone.