Quebrou o vidro? X cuidados que você precisa ter na hora de descartar os pedaços

Vidro é um material do nosso dia a dia, mas ao quebrar, pode ferir gravemente. Isso já levou muita gente consciente a se perguntar qual a melhor maneira de descartar, para não machucar pessoas que coletam o lixo e animais como cães e gatos.

Além disso, se deixado na natureza, demora 10 mil anos para se decompor, e isto também levanta outra questão: todos os vidros são igualmente recicláveis? Quais as diferenças entre eles?

Caso queira saber, continue acompanhando este texto!

Tipos de vidro

Produzido com sílica, matéria-prima encontrada na areia da praia, o vidro será fabricado e beneficiado conforme o uso que terá. Observe:

1. Vidro Comum (Float):

É o vidro de:

– Potes;
– Frascos;
– Garrafas de bebidas;
– Perfumes;
– Janelas antigas.

Este é o menos resistente a impactos, mas tem grande durabilidade, transparência e é o mais fácil de reciclar.

2. Vidro Temperado:

Este passou por uma têmpera, seja por processo térmico ou químico e, assim, ficou mais resistente a impactos, razão pela qual é chamado de vidro de segurança.

É usado em:

– Diversos utensílios de cozinha, como por exemplo, travessas, pratos, copos e panelas;
– Portas e janelas de casas e carros;
– Box para banheiro;
– Objetos decorativos como espelhos, mesas, vasos, porta-retratos etc.

Depois da têmpera, não é mais possível cortar ou furar, e o processo de reciclagem também é mais caro e complexo.

3. Vidro Laminado:

O melhor exemplo de vidro laminado que existe é o vidro blindado, cuja função é impedir a visão do seu interior, com bloqueio quase total dos raios UV, e proteger contra impactos como os de armas de fogo.

Como colocar vidro no lixo

Usando luvas de borracha ou vassoura e pá para recolher até os menores cacos, você pode:

– Enrolá-los em várias folhas de jornais ou plástico bolha e amarrá-los com fita adesiva ou barbante;
– Cortar uma garrafa pet no meio, colocar os pedaços dentro e fechar com a parte de cima, também lacrando com fita adesiva;
– Colocá-los dentro de uma caixinha de leite ou suco.

Outras dicas importantes:

– Se o material não for transparente, como é o caso do jornal, plástico bolha e do papelão, escreva “Vidro quebrado” antes de descartar com o lixo reciclável;
– Procure facilitar o trabalho das recicladoras separando os vidros por cor e os sujos, por remédios, por exemplo, dos limpos;
– Sempre que puder, lave os vidros antes de jogar fora, ou pelo menos evite o contato com outros tipos de lixo.

Reciclagem de vidros

Nem todos os vidros podem ser descartados direto no lixo reciclável para serem reaproveitados por uma recicladora. Cada um dos tipos tem o seu próprio processo de reciclagem.

Alguns ainda costumam ir para aterros sanitários, porque sua reciclagem não costuma compensar, por causa dos grandes gastos em dinheiro ou energia.

No entanto, hoje, existem cada vez mais opções ao aterro: já existem empresas especializadas em reciclar o vidro temperado e o laminado, que podem voltar como outros produtos, participar da fabricação de outros vidros etc.

Por isso, o melhor é pesquisar quais soluções sua cidade oferece para o descarte de vidros, o mais comum são pontos de coleta da prefeitura.

Estes também podem ser usados para vidros considerados mais perigosos, como de:

– Lâmpadas fluorescentes;
– Eletrônicos, como telas de celular ou computador, se a marca do aparelho não faz a coleta;
– Vidros de remédio.

Também são opções doar ou vender para vidraçarias, vidraceiros ou artesãos, que o reutilizem ou possam dar o destino correto.

Se quiser saber mais sobre nossos serviços relacionados ao vidro, entre no nosso site.