Dicas para escolher os tipos de vidros ideais para a sua construção

Quando se fala em obras, muitos ficam de cabelo em pé, afinal, são muitos detalhes para pensar. É preciso ter um bom planejamento para a estrutura e estética de sua construção.

Pensando nisso, resolvemos dar algumas dicas sobre como definir os melhores vidros para sua obra. Acompanhe nosso artigo.

A importância de uma boa escolha



Existem inúmeras opções de vidros, mas existem alguns detalhes que precisam ser avaliados antes de definir o que será utilizado em sua construção.

É extremamente necessário, atentar-se para:

– Resistência;
– Conforto térmico;
– Durabilidade;
– Transparência;
– Entre outros.

Além disso, o ideal é que se escolha um bom profissional para a aplicação do mesmo, afinal, terá grande responsabilidade no resultado final. Ele precisa ter um bom conhecimento a respeito das normas técnicas, pois só assim será possível efetuar a aplicação de forma segura.

Erros mais comuns



Infelizmente, atualmente, algumas instalações estão equivocadas e isso pode pôr as pessoas em risco.

Um dos erros que têm acontecido de forma mais recorrente é a respeito de sacadas e parapeitos. Esses ambientes precisam ter vidros de espessura maior, afinal, são lugares altos e com risco aos usuários.

O segundo erro mais comum é a aplicação de vidros temperados em coberturas e claraboias. Nesse caso, o correto seria um vidro laminado.

Como escolher?



O vidro a ser escolhido, vai depender do espaço onde será instalado. Por isso, veja abaixo, qual o tipo e quais normas deve pesquisar.

Box


O correto, neste caso, é a utilização de um vidro temperado e que tenha, no mínimo, 8 mm de espessura.

Além disso, de acordo com a norma, é preciso colocar uma película que vai servir como segurança extra, caso o vidro se quebre. Ela protege o usuário e evita que o vidro o machuque.

Guarda-corpo



Como já citamos, o vidro para um guarda-corpo, deve ter no mínimo 10 mm de espessura e 1,10m de altura. Todas as ferragens e fixadores, do local, precisam ser de material antioxidante.

Cobertura


O tipo de vidro para este caso precisa ser laminado ou temperado e laminado.

Portas, vitrines ou divisórias


Precisa ter 1,1m em relação ao piso e vidro de segurança. O material deve ser:

– Temperado;
– Laminado;
– Aramado;
– Ou insulado, em composição com um dos outros três tipos.

Varanda (fechada)



Deve ser utilizado vidro temperado ou laminado com 10 mm. Caso a instalação seja do 4º andar para baixo e tenha menos de 1,70m de altura, o vidro poderá ter 8 mm de espessura.

Instalações especiais


Quando falamos de instalações especiais, estamos citando pisos, degraus, aquários e demais estruturas de vidro. Sendo assim, é preciso utilizar um vidro laminado. Caso a estrutura não esteja totalmente apoiada, pode ser utilizado um laminado temperado.

Outro ponto importante é que as bordas precisam ter uma vez e meia a espessura total do piso.

Essas são as opções ideais para as aplicações essenciais de uma construção. Com a utilização correta, o projeto pode ficar bonito esteticamente e seguro.

Agora que você já sabe quais são os vidros corretos para cada ambiente, conheça nossos produtos. Acesse o nosso site e fale conosco.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *